Phishing, Antispam, e-mail hackeado, segurança de e-mail, antivírus. proteção

O que fazer se o seu e-mail foi hackeado?

O roubo de informações de e-mail é uma das desvantagens de vivermos em um mundo digital conectado nos dias de hoje. E, muitas vezes, é uma situação que acontece até mesmo com especialistas em tecnologia mais experientes. Em agosto deste ano, mais de 700 milhões de endereços de e-mail (e um grande número de senhas) foram divulgados publicamente por conta de um spambot mal configurado (um programa projetado para auxiliar no envio de spam). Muitas pessoas experientes em tecnologia foram atingidas pelo hack, incluindo Troy Hunt, especialista australiano líder em segurança da informação e criador do site “Have I Been Pwned?”, do qual já falamos em outra publicação aqui no blog.

Recentemente, foi confirmado que todas as contas do Yahoo foram comprometidas em uma violação de dados em 2013. Nada menos que 3 bilhões  de contas com dados roubados, incluindo nomes, endereços de e-mail, números de telefone e datas de nascimento. E relatórios recentes confirmaram que milhares de funcionários do Governo Australiano, incluindo políticos de alto nível, funcionários da Defesa, juízes e membros da Polícia Federal australiana estavam entre as vítimas.

Ou seja, pode acontecer com qualquer um…

Mas por que devo me preocupar? Não tenho nada valioso no meu e-mail

Se você possui uma identidade e um endereço de e-mail, você é muito valioso para um hacker – sem exceções! Mesmo que você não considere ter o status de uma celebridade como Kim Kardashian ou o poder de um CEO como James Packer, um hacker ainda está muito interessado em coletar todas as informações que pode sobre você.

Lembre-se: os hackers querem os seus dados. Sabe por quê? Porque eles podem ganhar dinheiro! Alguns guardarão as informações para si próprios, como logins e senhas de departamentos de governos ou de grandes empresas que queiram atingir. Mas os mais sofisticados venderão suas informações, incluindo nome, telefone, endereço de e-mail e detalhes do cartão de crédito na Dark Web. Isso, muitas vezes, é feito em lotes. Alguns especialistas acreditam que podem obter até AU$ 140 por um conjunto completo de detalhes, incluindo cartões de crédito.

Quão grande é o problema?

Há uma infinidade de estatísticas sobre o quão grande esta questão é, e todos elas são alarmantes.

De acordo com o IDCARE – um serviço de apoio a vítimas de fraude de identidade da Austrália e da Nova Zelândia – cerca de 1 milhão de australianos têm sua identidade roubada a cada ano, com um custo de cerca de $1 bilhão.

A Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores (ACCC) recentemente revelou que fraudes de hackers custaram a empresas australianas cerca de $3 milhões em 2016.

No Brasil, dados de 57 milhões de usuários do Uber, incluindo nomes, telefones e endereços de e-mail foram expostos, com a empresa ocultando o caso.

Independente de qual estatística você escolher focar, temos um grande problema em nossas mãos!

Então o que fazer se o meu e-mail for hackeado?

Se você for vítima de hacking por e-mail, existem algumas etapas muito importantes que você precisa tomar. O fundamental é agir rápido!

1 – Troque a sua senha

Esta é a primeira coisa que você deve fazer para garantir que o hacker não possa voltar à sua conta. É essencial que sua nova senha seja complexa e totalmente diferente das senhas anteriores. Use sempre ao menos 8-10 caracteres com uma variedade de maiúsculas e minúsculas e alguns símbolos e números. A ideia de uma frase louca e absurda vale – mais fácil de lembrar e mais difícil de quebrar.

Se você achar que o hacker te trancou fora de sua conta alterando sua senha, você precisará resetar a senha clicando no link “Esqueci a Minha Senha”.

2 – Avise os seus contatos

Grande parte da estratégia de um hacker é colocar as mãos em sua lista de contatos com o objetivo de atingi-los também. Envie uma mensagem para todos os seus contatos de e-mail o mais rápido possível para que eles não abram e-mails (provavelmente carregados com malware) que vierem de você.

3 – Troque a sua pergunta de segurança

Se você possui uma pergunta de segurança associada à sua conta de e-mail, altere isso também. E por favor, torne-a imprevisível! É possível que foi assim que os hackers invadiram a sua conta em primeiro lugar. Quando o Yahoo teve milhões de contas violadas, não só as senhas foram roubadas, mas também as perguntas de segurança. Para a sua pergunta de segurança, crie uma uma resposta que não faça sentido. Esta é a oportunidade perfeita para contar uma mentira. Só não se esqueça dela depois!

4 – Utilize a autenticação de duas etapas

Este tipo de autenticação adiciona outra camada de proteção ao seu login. Habilitando isso significará que, além da sua senha, você precisará de um código especial de uso único para fazer o login, geralmente enviado para o seu celular. Vale a pena!

5 – Confira as configurações de seu e-mail

Não é incomum que os hackers alterem as suas configurações de e-mail para que uma cópia de cada mensagem que você recebe seja reenviada automaticamente para eles. Além de poder monitorar seus logins em outros sites, eles são capazes de manter um olhar atento sobre qualquer informação pessoal valiosa. Por isso, verifique suas configurações de encaminhamento de e-mail para garantir que nenhum endereço de e-mail inesperado tenha sido adicionado.

Não se esqueça de verificar sua assinatura de e-mail para garantir que nenhum spam tenha sido adicionado. E também se certifique que o endereço de e-mail para o qual as pessoas respondem seja realmente o seu! Os hackers são conhecidos por criar um endereço de e-mail que se parece com o seu  –  quando alguém responde, ele vai diretamente para a conta deles, não para a sua!

6 – Procure por vírus e malware em seu computador

Isso também é essencial. Se você encontrar alguma coisa, se assegure de que ela seja tratada e depois altere sua senha de e-mail novamente. E se você não encontrar nada – por favor, invista. Um software de segurança abrangente proporcionará um escudo digital para sua vida online. O McAfee Total Protection permite proteger todos os seus dispositivos, incluindo seu smartphone, de vírus e malwares. Ele também contém um gerenciador de senhas para ajudá-lo a lembrar e gerar senhas únicas para todas as suas contas.

7 – Altere qualquer outra conta que possua a mesma senha

Leva um tempo, mas vale a pena. Certifique-se de alterar qualquer outra conta que use o mesmo nome de usuário e senha do seu e-mail comprometido. Os hackers adoram o fato de muitos de nós usarmos os mesmos logins para várias contas, por isso é quase certeza que eles testarão suas informações em outros aplicativos de e-mail e sites como PayPal, Amazon, Netflix, por exemplo.

8 – Considere criar um novo endereço de e-mail

Se você foi hackeado várias vezes e seu provedor de e-mail não diminui a quantidade de spam que você recebe, considere criar um novo, mas não exclua seu endereço de e-mail antigo! Muitos especialistas alertam sobre a exclusão de contas de e-mail, já que a maioria dos provedores de e-mail reciclam seu endereço de e-mail antigo. Isso significa que um hacker pode enviar spam para todos os sites que puder encontrar ao clicar em “esqueci minha senha” e tentar imitá-lo, o que configura roubo de identidade.

O seu e-mail é uma parte importante da sua identidade online, então estar atento e tomar as devidas providências a respeito de hacking é essencial para a sua reputação digital. E mesmo que você possa sentir que “ser hackeado” é inevitável, você pode reduzir seu risco instalando algum software de segurança de boa qualidade em todos os seus dispositivos. Um software de segurança abrangente, como o McAfee Total Protection, o alertará quando visitar sites arriscados, quando um download parecer estranho e bloqueará e-mails irritantes e perigosos com tecnologia antispam.

Se o e-mail perigoso não chega a você, você não pode clicar nele. Percebe a vantagem?

E, por fim, não se esqueça de que os hackers adoram as mídias sociais – particularmente daqueles que compartilham tudo o que fazem. Então, antes de publicar detalhes de seu bicho de estimação adorável, lembre-se que ele pode fornecer a pista perfeita para um hacker tentando adivinhar a sua senha de e-mail!

Como o e-mail é uma das maneiras mais formais de se comunicar com o cliente, é vital que sua segurança seja preservada em meios corporativos. Quer saber como evitar ameças do correio eletrônico de sua empresa? Clique no banner e receba um orçamento!