Capa do post - Relatório de ameaças cibernéticas da sonicwall

Ataques cibernéticos 2020: Relatório de ameaças cibernéticas SonicWall

Relatório de ameaças da SonicWall mostra aumento de ataques à IoT, queda de cryptojacking e quem são os novos alvos preferidos de ransomware.

Tempo de leitura: 5 minutos

Com cibercriminosos crescentemente aperfeiçoando suas técnicas, os dispositivos, aplicações, appliances, servidores, redes, nuvens e usuários tornam-se cada vez mais vulneráveis. Isso representa um grande risco para as organizações.

Em vista dessa realidade, a SonicWall, divulgou a versão atualizada do seu tradicional Relatório de Ameaças Cibernéticas (2020 SonicWall Cyber Threat Report) para mostrar como os cibercriminosos têm pensado e agido no último ano. Compreender estas tendências é o primeiro passo para proteger seu negócio e assim evitar cenários desastrosos.

Ataques cibernéticos: Malware

De fato, o número de Ransomwares diminuiu categoricamente: 9,9 bilhões de ataques de malware foram registrados pela SonicWall em 2019, o que significa uma queda de 6% em comparação ao recorde de 10,52 bilhões de ataques registrados em 2018. Apesar disso, os ataques tornaram-se mais precisos, com alvos mais pontuais. Além disso, percebe-se que houve maior ênfase no setor de saúde e em todos os níveis do governo.

Gráfico Ataques de malware nos últimos anos.
Ataques de malware nos últimos anos. Fonte: Relatório de Ameaças 2020, SonicWall.

Dado esse cenário, é fundamental que o processo de identificação e mitigação de novas ameaças seja rápido e específico. De acordo com dados do VirusTotal, um repositório de malware líder de mercado, a SonicWall está identificando variantes de malware totalmente desconhecidas 1,9 dia antes de o VirusTotal receber as amostras.

Isso ocorre pois todos os anos o RTDMI (Real-time Deep Memory Inspection) da SonicWall utiliza recursos de aprendizagem de máquina exclusivos para aperfeiçoar o processo de reconhecimento e mitigação de ciberataques nunca vistos anteriormente no setor de cibersegurança. 

Malware em IoT

Sobre o Malware em IoT, os pesquisadores de ameaças do SonicWall Capture Labs relataram um aumento moderado de 5% nos malwares em IoT, com volume total chegando a 34,3 milhões de ataques.

Apesar disso, em vista de uma grande quantidade de novos dispositivos de IoT conectando se diariamente, esse crescimento é inevitável. Para 2020, podemos não só esperar o aumento de ataques de malware à IoT, mas precisamos criar planos para lidar com eles.

Fileless malware

Apesar do uso de fileless malware ter começado o ano em baixa, esse tipo de ameaça avançou ao longo do ano e teve um pico no terceiro trimestre de 2019,  chegando a 570 mil ataques apenas em setembro. Os dados exclusivos da SonicWall revelam um aumento sólido dessa modalidade no meio do ano, mas com uma diminuição nos meses finais.

Gráfico: Volume de fileless malware em 2019
Gráfico: Volume de fileless malware em 2019. Fonte: Relatório de Ameaças 2020, SonicWall.

Ransomware direcionado

Alvos como governos, nos níveis Federal, Estadual ou Municipal e grandes corporações tem sido a grande aposta dos hackers que praticam ransomware.

Os pesquisadores de ameaças do SonicWall Capture Labs registraram um volume total de 187,9 milhões de ataques ransomware no ano de 2019, uma queda de 6% em relação ao volume recorde de 2018.

Cryptojacking perde força

Durante os primeiros seis meses de 2019, a SonicWall identificou um volume de 52,7 milhões malwares de cryptojacking. O ano foi finalizado com 64,1 milhões de ataques bem sucedidos, o que indica uma queda de 78% desde o início de julho de 2019. Essa queda pode ser explicada pelo encerramento do Coinhive e pelo preço do bitcoin.

As ameaças criptografadas, por outro lado, seguem aumentando. Os criminosos continuam usando criptografia TLS/SSL para fazer com que seus ataques passem despercebidos pelas ferramentas de segurança. Em 2019 foi registrado um aumento de 27,3% nos malwares enviados via tráfego TLS/SSL em relação a 2018.

Ataques a aplicações da Web

Falando sobre ataques a aplicações da Web em 2019, os pesquisadores de ameaças do SonicWall Capture Labs registraram um aumento de 52% em relação ao ano anterior. Os maiores números dos últimos sete meses do ano geraram um volume total de ataques a aplicações da Web superior a 40 milhões.

Quer ler o relatório completo? Clique aqui e faça o download gratuito.


Agora que você já sabe das tendências de ataques cibernéticos, nada mais justo do que tomar as medidas preventivas. Proteja a rede da sua empresa contra invasões, vírus e ataque externos com Firewall SonicWall. Faça seu orçamento com a Infomach e receba a proposta em até 24 horas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *