A transformação digital no agronegócio requer novo olhar sobre cibersegurança

 

 

Responsável por algo em torno de um quarto do PIB brasileiro, o
agronegócio é um forte player da nossa economia e, por essa razão,
tem buscado inovações em ritmo nunca visto antes. A adoção de
tecnologias disruptivas é um fator determinante de sucesso em um
setor cada vez mais competitivo.

Foi-se o tempo em que o agronegócio caminhava alheio às
grandes transformações relacionadas à tecnologia da informação
e digitalização. Isso acontece não apenas pelo direcionamento de
investimentos da indústria de TI para este setor. Num mercado
globalizado, cresce a cada dia a pressão para que as empresas
profissionalizem suas operações e garantam seus diferenciais
competitivos. Estamos falando de disputar mercados num cenário
que envolve, hoje, alimentar uma população mundial de 7.5 bilhões
de pessoas. Até 2050, espera-se chegar à marca de 10 bilhões.

Estes números explicam a necessidade de um esforço massivo para
ampliar a produção de alimentos em até 70 por cento. Este fato é,
sem dúvida, o principal vetor que impulsiona os investimentos que
hoje caracterizam o que vem sendo chamado de AgriTech, Smart
Agribusiness e tantas outras denominações relacionadas à forte
digitalização do agronegócio.

Faça o download do Resumo Executivo:

A Infomach fornece soluções de segurança da informação e infraestrutura para que empresas possam criar, inovar e crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *